Futebol Saudade

Desde que, há mais de 100 anos, se fez o primeiro campeonato de futebol em Portugal, que a "passerelle", que é a vida desportiva, viu desfilar milhares de clubes.
Uns ainda hoje existem, pujantes e vigorosos até, outros, embora perdendo protagonismo, ainda resistem. Mas muitos ficaram pelo caminho.
Passaram ao futsal, deixaram o desporto, ou fecharam mesmo as portas. É dos que partiram (e não só), que aqui vamos tentar deixar a memória.




quinta-feira, 2 de abril de 2009

Benfica em Castelo Branco

Uma explicação:
na minha pesquisa sobre os diferentes campeonatos distritais, defrontei-me com diferentes "Castelo Branco". Procurando explicação na reservada imprensa da época, encontrei um Sport Lisboa, um Sport Benfica, e uma Associação Desportiva.
Li, algures, que todas elas tinham a ver com uma equipa de 1924, e que esteve na fundação da AF de Castelo Branco. Chamava-se Onze Vermelho Albicastrense. Mas a empreitada era difícil, senão impossível. Lembrei-me então de um visitante dos meus blogues, a quem já tinha recorrido em situações anteriores, cujo profundo conhecimento do futebol, sobretudo em Castelo Branco, talvez me esclarecesse de forma objectiva. O que eu não esperava era um tão profundo esclarecimento.
Por isso que tenha decidido partilhar este brilhante documento, que Rui Farinha Lopes me facultou.

"Bom dia!

Por aqui está tudo bem, espero que consigo suceda o mesmo.
Quanto ao assunto que me remeteu, posso, desde já, dizer-lhe que a génese do actual Benfica de Castelo Branco são mesmo os três clubes que refere.
Mas vamos por partes: Em 1924, mais precisamente no dia 24 de Março, era fundado na cidade de Castelo Branco o Onze Vermelho Albicastrense. Segundo rezam as crónicas, o futebol dava os primeiros passos na cidade, em resultado dos ecos de entusiasmo que chegavam da cidade vizinha da Covilhã.
O Onze Vermelho era constituído sobretudo por jovens da cidade, sendo um pouco difícil fazer um resumo do seu trajecto enquanto colectividade, nestes primeiros tempos, devido à escassa informação existente.
Em meados de 1934, 1935, este clube juntou-se a mais alguns emblemas das cidades de Castelo Branco, Fundão e Covilhã para lançar as bases daquilo que viria a ser mais tarde a Associação de Futebol Castelo Branco, fundada em 1936.
A alteração da designação para Sport Lisboa e Castelo Branco dá-se curiosamente neste ano, apesar de não existirem informações oficiais que o confirmem. No entanto, a minha suposição parte do seguinte facto: Aquando da inauguração da Associação de Futebol de Castelo Branco, a 22 de Março de 1936, ainda surge nos seus estatutos o Onze Vermelho Albicastrense como um dos fundadores, contudo na primeira edição do Campeonato Distrital de Futebol de Castelo Branco, que teve início no final desse mesmo ano, o clube já surge com a nova designação (terá sido a entrada no futebol oficial que precipitou a decisão).
Enquanto Sport Lisboa e Castelo Branco, o clube participou nas primeiras 12 edições do Distrital (todas ganhas pelo Sporting da Covilhã).
A mudança de designação para Associação Desportiva de Castelo Branco surgiu num momento conturbado do futebol distrital albicastrense – finais da década de 40, uma altura em que desapareceram a maior parte das formações que jogavam futebol, a nível oficial. Não lhe consigo precisar, de momento, o ano em concreto em que se deu esta alteração, mas o que é facto é que na época de 1947/48, o clube jogava na 2.ª Divisão, como S.L. Castelo Branco, e na temporada de 1949/50, militava na 3.ª Divisão, sob o nome de AD Castelo Branco.
A mudança definitiva para Benfica de Castelo Branco dá-se nos inícios da década de 1950, por alturas de 1952, 1953.
Vou tentar, nos próximos dias, confirmar-lhe as datas mais exactas para não estar a fugir muito à verdade. Tenho essa informação algures nos meus arquivos.
A título de curiosidade, fique a saber que o outro clube mais representativo da cidade de Castelo Branco, o Desportivo de Castelo Branco tem uma história, que nos seus inícios, esteve intimamente ligada ao Benfica e Castelo Branco.
Os factos estão narrados numa antiga página de internet do Desportivo: “Na época de 1967/1968 e segundo os Estatutos da Federação Portuguesa de Futebol, só podiam subir à Terceira Divisão Nacional os clubes que conquistassem o respectivo Campeonato Distrital da Associação de Futebol da qual faziam parte, desde que nesse mesmo Campeonato Distrital estivessem pelo menos 4 equipas inscritas. Nesta altura o Sport Benfica e Castelo Branco queria subir à III Divisão Nacional mas só estavam 3 clubes inscritos para participar no Campeonato Distrital desse ano, o que desde logo inviabilizava a subida do campeão. Foi assim que a uns meses do início da prova Distrital que um grupo de sócios do Sport Benfica e Castelo Branco resolveram criar um novo clube para assim formar a 4ª equipa necessária para que o Sport Benfica e Castelo Branco pudesse ingressar na III Divisão Nacional. Foi assim que a 10 de Outubro de 1967 nasceu o Desportivo de Castelo Branco, tendo este novo clube conquistado logo nesse ano o Campeonato Distrital de Futebol da Associação de Futebol de Castelo Branco e consequentemente a subida à III Divisão Nacional”.
É uma história deliciosa, sobretudo pela ironia que lhe está subjacente. O clube entra na competição para viabilizar a subida de outro e depois é esse mesmo clube que sobe. Mas posso adiantar-lhe que em tempos consultei alguns jornais de 1967/68 e que este campeonato foi tudo menos pacífico. O Benfica chegou a impugná-lo e as relações entre as duas colectividades azedaram…
Prometo tentar dar mais pormenores nos próximos dias.

Com os melhores cumprimentos,

Rui Lopes

5 comentários:

zenabola disse...

Em 1948, o Benfica C. Branco, Sporting C. Branco e C.F Os Albicastrenses fundem-se e formam a Associação Desportiva. Este novel clube participa em dois nacionais da 2ª e dois da 3ª até 1952 (4 anos).
Em 1952, a Associação Desportiva passa a denominar-se Sport Benfica C.B., "traindo" os pressupostos da fundação.

victor sousa disse...

Uma fusão assim aconteceu em Gouveia. Em Castelo Branco...

zenabola disse...

Em Gouveia os três clubes da altura fundiram-se no Clube Desportivo de Gouveia, existente até hoje.
Em Castelo Branco, a fusão aconteceu, só que os Benfiquistas "viraram o bico ao prego" e o Sporting e os Albicastrenses desapareceram.
Estes de alguma forma foram "vingados" pelo Desportivo, eheheh traição com traição se paga.
De qualquer forma, a bem da verdade desportiva, este Benfica não tem o direito de dizer que tem origem no "Onze vermelho"

Futebol em Portugal disse...

Exato, com o Sporting Gouveiense e o Clube de Futebol Os Gouveienses

Esses creio que mantêm o nome de Clube Desportivo de Gouveia desde a sua fundação

Já agora, gostaria de saber se seria possível falar com Rui Faria Lopes, no sentido de saber se nos poderia fornecer algumas classificações sobre os campeonatos distritais de Castelo Branco

Cumprimentos,

Carlos Bonaparte

Anónimo disse...

Meu caro!

Pode contactar-me através do endereço de email: ruifarinhalopes@gmail.com

Com os melhores cumprimentos,

Rui Lopes