Futebol Saudade

Desde que, há mais de 100 anos, se fez o primeiro campeonato de futebol em Portugal, que a "passerelle", que é a vida desportiva, viu desfilar milhares de clubes.
Uns ainda hoje existem, pujantes e vigorosos até, outros, embora perdendo protagonismo, ainda resistem. Mas muitos ficaram pelo caminho.
Passaram ao futsal, deixaram o desporto, ou fecharam mesmo as portas. É dos que partiram (e não só), que aqui vamos tentar deixar a memória.




quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Indústria Futebol Clube Cebolense

Castelo Branco, e mais concretamente a sua freguesia de Cebolais de Cima, progressiva e industrializada, à altura da fundação da colectividade (1944), viu esta colectividade chegar aos campeonatos nacionais por duas vezes. A primeira logo em 1944/45 (2ª divisão), e a segunda em 1958/59 (3ª divisão).
2004 foi o ano de extinção deste clube que realizava os seus jogos no campo dos Fiéis, alvo de um contencioso com a Associação Distrital.

O clube é agora, 2010, reactivado.


.

7 comentários:

Anónimo disse...

O IFCC não participou na 2ª divisão!!!

Anónimo disse...

Reactivação em 12 de junho de 2010.

Anónimo disse...

www.ifcc.pt

Anónimo disse...

1º Torneio Popular da AFCB 1949 - 1º classificado
Campeão Distrital 1957/58
3ª Divisão 1958/59
Torneio Inicio da AFCB- 1º Classificado - 1975/76
Campeão Distrital de Juniores 1985/86
Campeonato Nacional de Juniores 1986/87
Nacional de Juvenis 1987/88
Campeão Distrital da 2º divisão 1988/89
Campeão distrital de futsal 1993/94
2ª divisão nacional de futsal 1994/95

victor sousa disse...

Tem a certeza que o Cebolense nunca esteve na 2ª divisão?
É que em 17 de Dezembro começou o Nacional, sendo que o Grupo D, série 13 tinha o jogo SL Castelo Branco - Indústria Cebolense.
Até Março do ano seguinte sempre se apresentou a jogar o Cebolense...

O Sertaginense - Rui Lopes disse...

Saudações!

Queria apenas confirmar a presença do Cebolense no Campeonato Nacional da 2.ª Divisão, na temporada de 1944/45. Não foi uma participação muito feliz (em termos de resultados), mas serviu para cimentar a posição de 'histórico' que o Cebolense tem nos dias de hoje.

Cumprimentos,

Rui Lopes

victor sousa disse...

É isso. A participação, e o orgulho de tal, ninguém lho tira! A história faz-se assim.