Futebol Saudade

Desde que, há mais de 100 anos, se fez o primeiro campeonato de futebol em Portugal, que a "passerelle", que é a vida desportiva, viu desfilar milhares de clubes.
Uns ainda hoje existem, pujantes e vigorosos até, outros, embora perdendo protagonismo, ainda resistem. Mas muitos ficaram pelo caminho.
Passaram ao futsal, deixaram o desporto, ou fecharam mesmo as portas. É dos que partiram (e não só), que aqui vamos tentar deixar a memória.




quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Viseu - uma retrospectiva

AF Viseu – uma retrospectiva em 1944/45, aquando
do XVIII Campeonato Distrital

Este campeonato é dos mais irregulares do país, quanto ao número e nome dos concorrentes que o disputam. Apenas o Académico e o Lisboa e Viseu têm marcado presença, todas as épocas, na divisão de Honra. Os restantes clubes, uns por falta de recursos, outros ainda por terem desaparecido, nem sempre fazem parte do número de concorrentes. Que saibamos, já fizeram parte da divisão de Honra as seguintes colectividades:

Associação Os Vouselenses
Besteiros Futebol Clube
Clube Académico de Futebol
Clube Desportivo de Mangualde
Clube Desportivo de Tondela
Clube de Futebol Os Bodiosenses
Escola Livre de Mortágua Clube
Grupo União de Futebol (Viseu)
Lusitano Futebol Clube (Vildemoínhos)
Mortágua Futebol Clube
Sport Lisboa e Viseu
Sport Ribeira e Viriato
Tondela Futebol Clube

A Associação Académica de Tondela venceu a Promoção em 1942/43, e ganhou direito a disputar a prova principal, mas nunca o chegou a fazer.

Destes clubes, apenas 5 foram campeões (até esta data):

Clube Académico de Futebol
Clube Desportivo de Tondela
Lusitano Futebol Clube (Vildemoínhos)
Mortágua Futebol Clube
Sport Lisboa e Viseu

4 comentários:

Luckyhood disse...

Saudações.

Gostaria de alertar para um pequeno facto neste post. Este post vem contradizer o que está escrito no post de 8/01/2009 intitulado "Um clube não acaba".
Segundo este último, o Académico Viseu não participou no distrital de Viseu, época 1939/1940. Ora este post afirma que o Acad. Viseu participou em todos os distritais até 1944/1945.
Qual dos dois não corresponderá à verdade?

Saudações desportivas.

victor sousa disse...

Imprecisões de jornalista (Notícias de Vouzela). É certa a n/presença do Académico em 1939.

José Luis Jorge disse...

Reinava grande desconforto no distrito, já que as rivalidades estavam extremadas, o que levava a muito afastamento das equipas de fora da capital do distrito, que se não inscreviam. Por isso mesmo, a direcção da AF mandou fazer um levantamento de todas as equipas do distrito que, não estando filiadas, dispunham de recinto de jogo, e frequentemente disputavam desafios de futebol. O objectivo era colocar o assunto ao Governo Civil, para que este actuasse.
Chegou mesmo, esta direcção, a alertar os clubes de Seia e Gouveia, habituais adversários destas colectividades, para que não jogassem com estes clubes, sob pena dela proibir os filiados de jogar com clubes daqueles concelhos. Eram tempos de grandes rivalidades, e por isso tudo servia para criar problemas. Foi o que aconteceu ao CAF, que se viu privado de disputar o campeonato, já que a sua inscrição não foi aceite, porque foi feita fora do prazo, alegava a AF, e também porque se não fez acompanhar das importâncias devidas pela inscrição do clube e dos seus atletas. É assim que este campeonato apenas tem 4 participantes. 2 de Viseu, o União e o SL Viseu, sendo os outros dois de Tondela e Mortágua. Seria o Mortágua Football Club o vencedor da competição.

José Luis Jorge disse...

Era assim que titulava o artigo do jornal Política Nova, de 1 de Outubro de 1939, sobre a não-aceitação da inscrição do Clube Académico de Viseu no campeonato distrital de 1939/40.
Reinava grande desconforto no distrito, já que as rivalidades estavam extremadas, o que levava a muito afastamento das equipas de fora da capital do distrito, que se não inscreviam. Por isso mesmo, a direcção da AF mandou fazer um levantamento de todas as equipas do distrito que, não estando filiadas, dispunham de recinto de jogo, e frequentemente disputavam desafios de futebol. O objectivo era colocar o assunto ao Governo Civil, para que este actuasse.
Chegou mesmo, esta direcção, a alertar os clubes de Seia e Gouveia, habituais adversários destas colectividades, para que não jogassem com estes clubes, sob pena dela proibir os filiados de jogar com clubes daqueles concelhos. Eram tempos de grandes rivalidades, e por isso tudo servia para criar problemas. Foi o que aconteceu ao CAF, que se viu privado de disputar o campeonato, já que a sua inscrição não foi aceite, porque foi feita fora do prazo, alegava a AF, e também porque se não fez acompanhar das importâncias devidas pela inscrição do clube e dos seus atletas. É assim que este campeonato apenas tem 4 participantes. 2 de Viseu, o União e o SL Viseu, sendo os outros dois de Tondela e Mortágua. Seria o Mortágua Football Club o vencedor da competição.