Futebol Saudade

Desde que, há mais de 100 anos, se fez o primeiro campeonato de futebol em Portugal, que a "passerelle", que é a vida desportiva, viu desfilar milhares de clubes.
Uns ainda hoje existem, pujantes e vigorosos até, outros, embora perdendo protagonismo, ainda resistem. Mas muitos ficaram pelo caminho.
Passaram ao futsal, deixaram o desporto, ou fecharam mesmo as portas. É dos que partiram (e não só), que aqui vamos tentar deixar a memória.




terça-feira, 7 de agosto de 2012

Outeiro, Cabeceiras de Basto.



Associação Desportiva e Cultural do Outeiro



No dinâmico futebol de Braga, muitas são as equipas que se movimentam nas suas competições seniores, ao longo dos tempos.
Algumas têm longo historial de presenças, outras nem tanto. Mas de todas elas, fica um registo da sua passagem, sempre cheio de peripécias e lembranças. Contudo, estas não são, usualmente, fáceis de conhecer, dado o afastamento dos cronistas, os jornalistas, destas vivências.
Ocorre assim que por vezes certas colectividades desaparecem sem deixar rasto.
Foi, para nós, o caso da ADC do Outeiro, que depois de mais de 20 anos na competição de Braga, não deixou qualquer rasto que a relembrasse.

Por isso fomos até esta freguesia do concelho de Cabeceiras de Basto, e junto de um seu dirigente, o senhor José Barros, pudemos refazer parte da história do clube, que embora afastado do desporto, ainda está activo, e que de 1980 até 2004 frequentou os palcos desportivos do futebol distrital de Braga.

O seu campo Quebrada está lá ainda, e apto para servir de palco ao azul e branco da equipa da casa.

Fica aqui uma singela lembrança deste clube, que serviu de catalizador de muitas e variadas gentes, com percursos distintos e de sucesso, e que para sempre ficará na história do futebol de Cabeceiras.

Obrigado Outeiro.









Sem comentários: